sexta-feira, 26 de novembro de 2021

O Senhor dos Anéis: As duas torres


 Olá meus amigos, aqui temos a resenha da segunda parte de O Senhor dos Anéis, como prometido. Esta parte começa com Boromir tentando tomar o anel de Frodo e sendo morto pelos orcs e na sequência os cavaleiros de Rohan atacam o acampamento orc e os dois parentes de Frodo aproveitam para fugir para a floresta de Fangorn onde conhecem Bárbarvore o Ent, uma criatura muito antiga chamado de Fangorn.

 Depois disso e com a comitiva do anel desfeita pela morte de Boromir e a fuga de Frodo e Samwise Gandalf reaparece de forma triunfal como o Cavaleiro Branco para Aragorn, Légolas e Gimli. Gandalf reaparece e está branco como a neve. Essa aparição é um dos pontos altos de As duas torres. Então eles vão atrás do rei Théoden e ajudam na batalha do abismo de Helm depois com sua companhia vão até Isengard atrás de Saruman. A esta altura Isengard foi toda destruída pelos Ents que mudaram o curso de um rio e a inundaram deixando Saruman preso na torre. 

Quando chegam a Isengard para surpresa de todos os dois parentes de Frodo estão deitados tranquilamente no meio dos destroços e Gimli profere vários impropérios tornando o momento muito divertido para o leitor. Então eles vão até a torre de Orthanc e Saruman tenta enfeitiçá-los com sua voz, coisa que não acontece pois Gandalf ordena que volte para a torre se não quer ajudá-los. Língua de Cobra que é um mago do Rei deixa cair uma das pedras Palantir do alto da torre. Um dos parentes de Frodo toca na Palantir e é revelado a Sauron.

Agora Frodo e Samwise encontram Sméagol prometendo libertá-lo caso ele os leve até Mordor por uma rota segura. Sméagol os leva por caminhos tortuosos passando pélos pântanos mortos e pelas terras arruinadas. Durante a jornada foram apanhados por um grupo de batedores dos homens de Gondor liderados por Faramir, irmão de Boromir, que não cede ao desejo do anel e lhes deixa partir. 

Quando chegam a trilha para a cidade de Morgul veêm o primeiro exército de Sauron partir e esta sem dúvida é a melhor parte. Agora eles entram no túnel de Laracna a aranha monstruosa que habita ali e Góllum os deixa para morrerem, mas os dois conseguem  salvar-se da aranha, porém, Frodo está ferido e inconsciente e Samwise chega a pensar que está morto. Samwise prossegue sozinho mas percebe que orcs pegaram Frodo então para salvar quem ele pensava estar morto coloca o anel no dedo e volta.

Contudo volta tarde demais e só lhe resta seguir os orcs aonde eles forem. Samwise consegue ouví-los e eles dizem que Frodo ainda está vivo. Ele os persegue e quando está perto deles uma porta dupla é fechada deixando-o do outro lado da caverna.



quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Ungoliant a aranha terrível

*Poesia baseada no Silmarillion de tolkien


Aranha terrível
que transportou Melkor
de forma invisível
em um manto enevoado
à moda de um tapete mágico,

Será que não merecias mais
do que a luz de algumas
árvores sagradas feitas por deuses
e entregues a ti como parte
de algo maior a receber de Melkor?

Sim, merecias muito mais
por ter transportado Melkor
mas ele como grande Senhor sinistro do mundo
te deu apenas uma parte
e quando não te querias mais te abandonou,

Agora só te ficou a esperança
de prender em tuas fortes teias
incautos viajantes que
passem pelas tuas ravinas
e que venham a saciar tua fome gigante.

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Ungoliant

 *Poesia baseada em O Silmarillion de Tolkien


Que traz dentro de ti
a fome pelo mundo,
aranha-demônio,

Aliou-se a Melkor
para as árvores matar
e as Silmarils engolir,

Fostes enganada e traída
por aquele que a procurou
e agora só resta a ti
meia barriga faminta,

Mas Balrogs vêm
em auxílio de seu Senhor
e te chicoteiam com fogo,

Só restando a ti
a fuga para
as ravinas de Beleriand
e a espera de vingança, Ungoliant.



quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Sillmarilion

 *Poesia baseada no Sillmariliion de tolkien


A canção das Silmarils,

jóias raras

de extrema beleza e poder.


As únicas que podem

salvar Ëa das garras de Melkor

agora que as árvores jazem mortas.


Silmarils feitas por Fëanor

com suas luzes

são capazes de trazer o mundo

novamente para os Valar.

terça-feira, 24 de agosto de 2021

O senhor dos anéis: A sociedade do anel

Nem sei como descrever tanta felicidade por ter lido esta obra maravilhosa que agora vos apresento foram momentos de muito aprendizado e cujos quais desejo compartilhar com vocês. Esta obra se inicia com a festa de Bilbo Bolseiro dada para fazer um anúncio misterioso aos parentes e na qual ele desaparece magicamente na frente de todos usando o Um anel. 

Depois disso o anel é deixado para seu sobrinho Frodo Bolseiro que é orientado por Gandalf a destrui-lo mas para isso terá de ir até Mordor o lar do inimigo que manda seus cavaleiros negros atrás do anel. Gandalf se despede dele e diz para encontá-lo em vila Bri e ele parte sendo seguido por seus fiéis amigos e seu jardineiro que já sabem do anel.

Eles partem rumo a casa de Frodo e dali para a Floresta Velha onde conhecem o folclórico Tom Bombadil, o mestre da floresta que lhes salva a vida. Eles se despedem dele e parte rumo a colina do topo do vento sendo atacados pelas Cousas Tumulares e sendo salvos mais uma vez por Tom Bombadil que ouve Frodo cantar a canção de ajuda.

Dali eles rumam para Vila Bri onde conhecem Aragorn, amigo de Gandalf que se oferece como guia rumo a Mordor e eles partem sem Gandalf que não aparece. Chegando em Valfenda para surpresa de frodo e depois de ser ferido por um cavaleiro negro no Topo do Vento eles se reencontram com Gandalf e criam a Sociedade do anel junto com Legolas o Elfo, Gimli o anão e Boromir de Minas tirith.

A comitiva parte rumo as minas de Moria e seguem por baixo das montanhas sendo atacados por orques e por um Balrog que cai em um abismo e leva Gandalf com ele. Os outros seguem viagem sendo guiados por Aragorn que os leva para Lorien e dali rumo ao sul.


 

sábado, 12 de junho de 2021

O Hobbit

 

Esse livro é maravilhoso e vale a pena a leitura e me diverti muito com ele. Ele funciona como a porta de entrada para a trilogia O senhor dos anéis e recomendo fortemente aos leitores. No começo o mago Gandalf apresenta os anãos ao Hobbit Bilbo Bolseiro e lhe convida a acompanhá-los em uma aventura na busca pelo tesouro dos anãos que é guardado pelo dragão Smaug na montanha solitária. Ele aceita meio a contragosto e eles iniciam esta jornada acompanhados pelo mago de início que depois os deixa prosseguirem sozinhos. No começo da aventura o mago some de repente e reaparece nos momentos de perigo para salvá-los papel que depois é assumido por Bilbo que cai nas graças dos companheiros e de hobbit pacato passa a gatuno experiente e respeitável. A jornada transcorre no período de 1 ano e eles passam por aproximadamente 6 desafios até chegarem a montanha solitária e recuperarem o ouro o que acontece no final da aventura. O livro é muito divertido e nos ensina uma lição de companheirismo, comprometimento e heroísmo onde Bilbo sai transformado. Recomendo a leitura deste livro maravilhoso

domingo, 30 de maio de 2021


 Essa obra foi uma das inspirações para a criação de O senhor dos anéis de Tolkien e conta a lenda européia muito antiga do anel maldito criado pelo ganancioso e invejoso anão Alberico com a barra de ouro retirada do fundo do rio da vida. Com a barra de ouro o Alberico fez um capacete e um anel mágicos e com o anel ele escravizou seu povo obrigando os outros nibelungos a retirar mais ouro da barra de ouro que sempre crescia. 

Essa obra é maravilhosa e se lê facilmente em duas horas, uma leitura muito agradável e divertida que vai entreter a todos aqueles que gostam de aventuras mágicas. Um abraço a vocês!