Poesias Pesadas

Licença Creative Commons
O trabalho Poesias Pesadas de Marcio Jung foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://paginadomarcio.blogspot.com.br.

domingo, 12 de maio de 2019

me passam a perna

O ódio vai crescendo
de forma avassaladora
pois cada um que me engana

é um que toma conta
dos frutos do meu trabalho
e eu fico sem nada

e a pessoa vende
o que eu produzi

Círculo da tentativa

Me vejo frustrado
e esgotado
de tanto tentar

tento de todas as formas
e acabo não conseguindo
então vem o desanimo


segunda-feira, 15 de abril de 2019

pedras que em atiram

das pedras que me atiraram
cada uma tinha
um sabor diferente

e todas tinham
o objetivo de tirar
meus frutos preciosos
pois eu os  tinha
em quantnidade,

e as pessoas sabiam
que para tirar
com amis facilidade
tirar que atirar pedras

pois o que queriam
mesmo era tirar a força
esses frutos,

vangloriando-se
de que destruiram a árvore
e ainda conseguiram seus frutos.

Calvário

E mais uma vez
eu passo por todo
esse calvário novamente,

realizando a mesma caminhada dolorosa
desde o dia em que nasci
sofrendo repetidas vezes
enquanto rastejava
por essa estrada,

e no final
tudo de novo
e eu me pergunto
porque?

Já não basta
será que é pouco
até onde aguentarei.

domingo, 31 de março de 2019

Nas manhãs dos olhos teus

Nas manhãs dos olhos teus
percebo-me menino
e contento-me a não mais poder

pois sei que em ti
tenho o calor
de um abraço verdadeiro