domingo, 20 de outubro de 2019

17 fatos sobre Clarice Lispector

  1 - Clarice nasceu em Tchetchelnik na Ucrânia em 10 de dezembro de 1920. Veio para o Brasil com 1 ano e 2 meses de idade. Seus pais foram para Maceió depois para Recife.

  2 - Seu nome era Haia Pinkhasovna Lispector. Seus pais se chamavam Pinkouss Lispector e Mania Krimgold Lispector.

  3 - Clarice afirmava com frequência que sua verdadeira pátria era o Brasil e que seu estado de origem era Pernambuco.

  4 - Foi enterrada no cemitério Israelita do Caju no Rio de janeiro. Sempre quis ser sepultada no cemitério João Batista mas seu corpo foi recusado por ser judia.

  5 - Falava Português, Iidiche, inglês e francês.

  6 - No Rio de Janeiro, para onde foi com 15 anos, estudou Direito na Universidade do Brasil e começou a publicar seus primeiros contos.

  7 - Com 19 anos publicou seu primeiro conto Perto do coração selvagem, e aos 24 anos seu primeiro livro.

  8 - Casou com seu colega de faculdade Maury Gurgel Valente, com quem teve dois filhos. Acompanhavá-o em suas viagens como Diplomata. Ela morou na Itália, Inglaterra, Estados Unidos e suiça.

  9 - Trabalhou como assistente voluntária junto ao corpo de enfermagem da Força Expedicionária Brasileira na Itália durante a Segunda Guerra Mundial.

10 - O primeiro filho nasceu na Suiça e o segundo nos Estados Unidos.

11 - Certa vez Clarice esqueceu seu cigarro aceso provocando um incêndio no quarto, cujo qual, tentou apagar e se feriu.

12 - Trabalhou como colunistas nos jornais, Correio da Manhã, Diário da Noite e Jornal do Brasil.  Foi redatora  do Departamento de Imprensa do governo Getúlio Vargas.

13 - Traduziu autores como Edgar Allan Poe, Oscar Wilde, Agatha Christie e Anne Rice.

14 - Foi amiga de escritores como San Tiago Dantas, Rubem Braga, Fernando Sabino e Lúcio Cardoso ( por quem mantinha uma grande paixão).

15 - Participou de um congresso internacional de Bruxas realizado na Colômbia.

16 - Entre suas principais obras estão Perto do Coração Selvagem, A Maçã no Escuro, A Paixão Segundo G.H., A Cidade Sitiada, A Legião Estrangeira, A Hora da Estrela e Água Viva.

17 - Cazuza jurava ter lido Água Viva 111 vezes.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Coisas que você não sabe sobre Fernando Pessoa

  1 - Fernando Pessoa nasceu em 13 de junho de 1888 em Lisboa, Portugal.

  2 - Foi criado na África do Sul e tinha o inglês como segunda língua em cuja qual seu primeiro livro foi escrito.

  3 - Cecília Meireles em viagem a Lisboa para participar de uma conferência aproveitou para marcar um encontro com Pessoa que infelizmente não compareceu mas enviou-lhe o livro "Mensagem" e uma carta justificando a falta devido aos astros indicarem que não deveriam se encontrar neste dia.

  4 - Em encontro com o escritor Português José Régio chegou atrasado e se apresentou como Álvaro de Campos pois Fernando Pessoa não poderia comparecer.

  5 - Seus três assuntos favoritos eram astrologia, Maçonaria e Fraternidade Rosacruz tendo feito mapas astrais para seus amigos.

  6 - Entre Pseudônimos, Heterônimos e Semi-Heterônimos Pessoa teve 72 nomes e para cada nome criou uma personalidade diferente.

  7 - Seus três principais pseudônimos foram Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Alberto Caeiro.

  8 - Para Álvaro de Campos criou a personalidade de um engenheiro de educação inglesa e origem portuguesa. Suas marcas na escrita são os movimentos literários Decadentista e principalmente o Futurismo.

  9 - Ricardo Reis era um médico monarquista e latinista que se expressava por meio de movimentos bucólicos, epicuristas e estóicos.

10 - Alberto Caeiro era um camponês de vida simples que não chegou a completar os estudos e morreu de tuberculose. Ele acreditava na não-filosofia no sentido de que os seres apenas são e nada mais e graças a essa crença recebeu o título de poeta filósofo com o qual não concordava muito.

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Lista com os gêneros literários

Aqui vou colocar uma lista com todos os gêneros literários que dividem-se em dois grandes grupos: Prosa e Verso.

1 - Em Prosa

A - Gênero Narrativo
Romance histórico
Romance psicológico
Romance policial
Romance de costumes
Romance de aventuras
Ensaio
Conto, Novela, História, Fábula
Apólogo, Crônica, Memórias

B - Gênero Oratório
Discurso
Sermão
Oratória Forense
Oratória Política

C - Gênero Dramático
Drama
Comédia

D - Gênero Didático
Crítica
Tratado

E - Gênero Epistolar
Carta

F - Gênero Polêmico
Polêmica


2 - Em Verso

A - Gênero Lírico
Poema, Soneto, Canção, Hino
Ode, Elegia, Balada, Bucólica

B - Gênero Épico
Epopéia
Poema

C - Gênero Dramático
Comédia
Tragédia

D - Gênero Satírico
Sátira
Epigrama

E - Gênero Narrativo
Fábula

Evitando o bloqueio criativo

Esse post vem iniciar uma série de matérias sobre dicas de escrita para auxiliar quem está começando ou vai começar no mundo da escrita, espero que isso seja útil de alguma foram para todos vocês.

Em certos momentos o escritor pode ficar sem idéias e isso pode se prolongar causando um verdadeiro transtorno, principalmente, se se estiver no meio de um projeto. Para que isto não aconteça é necessário tomar algumas atitudes simples que estimularão a criatividade.

Eu particularmente estimulo-me a ter idéias quando assisto filmes de fantasia pois os cenários são incríveis e automaticamente vêm-me a cabeça milhares de imagens e situações.

Outra forma de estímulo é ver fotografias de paisagens naturais, que, inclusive, possuem efeito terapêutico, melhorando o humor, o que acaba influenciando no processo, sendo ferramentas poderosas para o escritor que está passando pelo bloqueio criativo.

Para finalizar, a própria leitura estimula o cérebro a ter idéias, e isso é um dos mais poderosos métodos para quebrar a barreira criativa, dando-nos ainda, capacidade para melhorar nossos textos constantemente.

Coisas que você não sabe sobre Machado de Assis

  1- Joaquim Maria Machado de Assis nasceu em 21 de junho de 1839, sendo batizado onde seus pais se casaram

  2- O pai de Machado de Assis era descendente de escravos e pintor de paredes, sua mãe era açoriana e faleceu quando ele tinha 10 anos de idade. Sua única irmã faleceu aos 7 anos vítima de sarampo.

  3- Era fluente em francês, idioma que aprendeu com um padeiro. Sabia ainda falar inglês e alemão.

  4- Sua letra era ruim e as vezes nem ele próprio a compreendia.

  5- Era gago e tinha epilepsia.

  6- Certa vez foi flagrado lendo escondido na tipografia onde trabalhava e quase foi demitido.

  7- A esposa chamava-se Carolina Machado e tinha 4 anos a mais além de ser quem revisava os textos do autor.

  8- No início a sua obra tendia para o Romantismo mas depois rendeu-se ao Realismo.

  9- Gostava de xadrez e participou do primeiro campeonato realizado no Brasil.

10- Era poeta e dramaturgo.

11- Segundo alguns biografos suas últimas palavras foram "A vida é boa".

domingo, 6 de outubro de 2019

Nova fase do blog

A partir de hoje inicia-se uma nova fase para esse blog coincidindo com as quase 1000 postagens e mostrando que ele é um espaço moderno e que sabe se adaptar as mudanças do mundo. Durante esses quase 10 anos de atividades veiculou-se unicamente minha produção textual, contudo, percebi que é o momento de agregar mais conteúdo para que a página torne-se ainda mais atrativa para os que acompanham-na e os que estão começando a acompanhá-la. Além da minha produção textual agora haverá conteúdo referente a literatura, seus aspectos técnicos, curiosidades e tudo o mais que a torna tão interessante para nós, oferecendo ainda mais motivos para que os leitores das várias partes do mundo e do Brasil continuem a se interessar e prestigiar este espaço. Espero que gostem e sintam-se a vontade para tecer seus comentários e deixarem suas curtidas além de falar da página para seus amigos e quem mais se interessar por literatura e poesia. Fiquem a vontade e voltem sempre pois esse novo conteúdo veio pra ficar!

Minha página no Clube de Autores

Olá, quero deixar o link para minha página no Clube de Autores.
My page in the Clube de Autores.

 https://clubedeautores.com.br/books/search?utf8=%E2%9C%93&where=books&what=marcio+jung&sort=&topic_id=



sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Enfim podemos nos amar

Enfim podemos nos amar
sem que nada
possa nos atrapalhar

agora juntos para sempre
podemos sentir o calor
um do outro a consolar

esses dois corações
que só querem
amar.

O que pede

A garganta pede água,
o coração pede alívio
a mente pede silêncio,

o nariz pede ar,
as mãos pedem descanço,
as artérias pedem sossego,

a língua pede por sabor,
as pernas pedem
pra descansar.

Só as pernas

Cortaram-me  as asas,
enlouqueceram-me o pensamento,
envenenaram-me as raízes,

obliteram-me a visão,
perverteram-me o coração,
endureceram-me a alma,


salgaram-me as veias,
trincaram-me o nariz,
tornaram-me difícil sugar o ar,

enrijeceram-me as mãos e os dedos,
torceram-me a coluna,
castigaram meus ossos,
e só me restaram as pernas!


De um lado a outro

De um lado a outro,
sem saber
para onde ir

continuo
com meu barco
a deriva
e sem rumo

sábado, 28 de setembro de 2019

A mulher que não me deu moral

Para desgosto meu
a mulher
que não me deu moral

veio morar
na frente
da minha casa

me deixando
muito
enraivecido

mas como poderia
ter agido diferente
se é casada.

A luta contra o medo

A luta contra o medo
é uma luta diária
pois ele aparece


nas mais pequenas
coisas e no menor
dos caminhos

então é preciso
vigiar para que
ele não
entre em teu coração,
vai tranquilo.

Você pode

Acredite em mim,
você pode
trilhar os caminhos

e percorrer
as estradas
masi sinuosos
por que você tudo pode,

então vai confiante
sem medo de errar
e caminha sem hesitar
pois você tudo pode,

então não te preocupas mais
e vai em busca do que é teu
pois você tudo pode!

Anda

Vê, vai
e anda
por onde outro  não andou,

cavalga
o teu caminho
em meio a tempestade

pois teu é
o passo
e a hora
então vai e faz o teu caminho

Descansa em paz

Descansa em paz
que agora
ja pode se aliviar

pois de tudo
temos por aqui
e nada nos falta

nesse lugar
tão maravilhoso
que resolvi chamar de lar

Eu vejo um local

Eu vejo um local
maravilhoso
e grande

onde a relva verde
brilha em contato
com o sol

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Guerreiros, batalhas, espadas e poesias



O que você diria se lhe apresentassem um objeto dizendo que é mágico e que lhe levaria a um mundo cheio de seres e paisagens fantásticas e que por intermédio dele você experimentaria sensações maravilhosas e viria lugares mais belos ainda?

Pois eu sou a pessoa que está lhe oferecendo esse objeto, o meu livro, que o levará a uma Terra de magia como a Terra Média onde você estará frente a frente com seres mágicos e deuses como Odin, e experimentaria a excitação que só uma grande jornada é capaz de despertar. Você aceita esse convite?

Abaixo o link para adquirir o livro impresso no Clube de Autores:

https://www.clubedeautores.com.br/book/299789-GUERREIROS_BATALHAS_ESPADAS_E_POESIAS

Alegrias e Maldições



Já se imaginou lendo um livro que narra a história de um homem e sua busca sem fim por amor, respeito, utilidade enquanto experimenta todas as dores desse mundo e se faz as perguntas básicas que movem a humanidade além de alcançar as luzes do conhecimento graças a essa mesma dor que o acompanha? Então, é isso que você vai experimentar ao ele esse livro. Você está preparado para essa experiência enriquecedora?

Abaixo segue o link para a compra do livro em papel no Clube de Autores:

https://www.clubedeautores.com.br/livro/alegrias-e-maldicoes#.XXmgenE4PIU

Dor, alegria, reflexão e maldição



Esse livro traça a minha trajetória de vida revelando todos os dissabores e desafios que enfrentei em minha busca pelas coisas mais básicas como reconhecimento, respeito, amor, desejo de ser útil e as maravilhosas descobertas que fiz enquanto trilhava essa jornada complexa.

Mas a jornada não acaba e  continuo aprendendo mais a cada novo nascer do sol enquanto passo por esse munda na esperança de completar-me antes que minha passagem aqui tenha fim, pois eu continuo trilhando o caminho.

Esse e outros livros meus você pode adquirir no formato impresso no Clube de Autores por um preço relativamente baixo em comparação com a experiência prazerosa que terá. Abaixo segue o link para a compra.

https://www.clubedeautores.com.br/299448-DOR_ALEGRIA_REFLEXAO_E_MALDICAO

Poesia Gótica



Você se interessa por livros clássicos de horror recheados de castelos mal-assombrados e rodeados por maldições e lendas? Se sim então meu livro Poesia Gótica foi escrito para você! Ele versa a respeito de todo esse ambiente que foi retratado na literatura do século XVIII e que ainda hoje encontra admiradores, e diga-se de passagem, milhões deles.

A obra reflete meu gosto particular pelo mundo do sombrio quando relata as mil maldições impostas a homens desafortunados pelo destino que andam sem rumo pelos corredores escuros de seus castelos ou quando esses mesmos homens enxergam algo em espelhos aparentemente normais mas que a um exame mais atento se revelam mágicos.

O livro Poesia Gótica esta disponível para ser adquirido em papel no Clube de Autores por um valor  relativamente baixo então corra pra lá para adquirir o seu antes os fantasmas peguem primeiro! Abaixo segue o link para a compra do livro.

https://www.clubedeautores.com.br/book/300730-Poesia_Gótica


sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Meu novo livro chegou


Vivemos em um mundo caótico e conturbado onde as pessoas necessitam desesperadamente de momentos de alívio e meu novo livro Amenidades proporciona exatamente isso discorrendo sobre temas como o nosso idioma e questões filosóficas e contemporâneas de forma lúdica, leve e pedagógica.

Em Amenidades trata-se de questões universais e que intrigam a humanidade desde sempre, questões modernas como a vida nas cidades modernas e onde se ensinam palavras do nosso idioma de forma lúdica brincando com o som das palavras, sendo por isso totalmente indicado para ensinar o idioma para as crianças.

Por tudo isso convido a todos para que visitem o clube de autores e adquiram Amenidades por um preço relativamente baixo. Segue o link:

https://www.clubedeautores.com.br/book/book/299163-AMENIDADES


terça-feira, 17 de setembro de 2019

Minha poesia declamada

Olá, gostaria de deixar aqui o link para minha poesia declamada e agradecer a essa garota maravilhosa que deu um pouco de seu tempo para declamá-la. Doem também um pouco de seu tempo para ouví-la.

https://www.instazu.com/media/2123536156377653856

sábado, 14 de setembro de 2019

Amazônia




                                                           I
                                                             
                                                    A            N 

                                                A                    Ô
                                              
                                                     M          Z
                                                      
                                                           A

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Amazônia Crying

                                                              A
                                                              M
                                                              A
                                                              Z
                                                              Ô
                                                              N
                                                              I
                                                              A
                                                     C  R  Y  I  N  G
                                                               H
                                                                  E
                                                                     L
                                                                        P
                                                             
                                                             
                                                                  

Fogo na Amazônia

Queima ao longe
a vegetação
e as altas torres copadas,

deixando tudo
ao redor
campo aberto,

fazendo assim
mais seca
menos chuva

e as torres
copadas
cada vez mais triste,

e o fogo na Amazônia
se espalha
enquanto o mundo chora.

domingo, 8 de setembro de 2019

tenho uma vontade

tenho uma vontade
tremenda
de amar
e de delirar

junto com você
mulher
tenho uma vontade

Que bom é

que bom é
se ter de tudo
o que se precisa

e o que é
essencial
para se viver,

que é bom é,
e por isso
eu digo obrigado

que bom é

Que Deus me abençoe

que Deus me abençoe
porque aqui tem de tudo
tem agua
relva verde

e

sábado, 7 de setembro de 2019

I love you!

I love you, please comment!

                                                                            T
                                                                            H
                                                                            I
                                                                            S
                                                                            B
                                                                            L
                                                                            O
                                                                            G
                                                                            I
                                                                            S
                                                                            W
                                                                             E


                                                                   
                                                                   
                                                                   

Seu comentário fortalece o blog POIS ESSE BLOG É NOSSO!

Olá, me importo com cada um de vocês e agradeço 10.000 vezes cada visita de vocês e para que eu esteja ainda mais motivado e continue a amá-los peço que deixe seu comentário fortalecedor a esse blog que é meu, é de vocês, é nosso!

                                                                      E
                                                                      S
                                                                      S
                                                                      E

                                                                      B
                                                                      L
                                                                      O
                                                                      G

                                                                      É
                                                                 NOSSO
                                                                      

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

quero que a beleza me salve

q
u
e
r
o

q
ue
a
b                    Me
e
l
e
z
a


S
A
l
v
e

a música que conforta

o amor mais puro
que se é capaz de dar,
amar como não se ama
sonhar como se o mundo
fosse o seu jardim
querer
esperar
e
abraças

você
eu posso
nós podemos



o doce da taça

O doce da taça
dos anjos
a cantar
o alvorecer

o doce que vem aos meus lábios
é o doce mel
que jorra de uma fonte diafana

e os meus amigos
vem me ver
abanam o rabo
e latem,

e
o
dingo
está
comigo
nesse dia
não ha nada
mais doce
do que
o
calor
da
proteção

me vejo com você

Me vejo
com você
no gramado

e a música
é doce
você me da uvas

me sinto aquecido
o acalanto

o doce mais doce que existe

doçura
força
e fermento

e o que essas coisas tem em comum?
coisas enormes

Alivio

Só o coração é capaz de me dar

Eu quero
o que
só os fortes querem

e o unico que
pode me dar
isso
é o coração

eu quero
me
superar


Ah como é doce o canto da harpa

Ah como é doce
o canto da harpa
aliviando
meu peito tão fatigado
de tanto choro e desesperança

doce a me aliviar
pois sou menino
com carater de homem
e coração de animal
esse som eu


como o é doce o canto da harpa
qeu me faz aliviar



Como é bom

A
FORÇA
Q
U
E

E
U
Q
U
E
R
O

É
A
QUEVEM
DO
C
O
R
A
Ç
Ã
O

Só o coração é capaz

Só o coração
é capaz
de me dar

conforto
calor
e beleza

só o coração

e nada mais

esse velho
coração 
que
eu tenho
no peito

Agora entendo

preciso da proteção

Preciso da proteção
que só os chamegos
as coisas doces

são capazes de me trazer
pois manso de coração
e me fortaleço

na doçura
da simplicidade
que só coração é capaz de me dar.

As manhãs

As manhãs
que sei
me levam ao infinito

essas manhãs
tão maravilhosas
e gloriososas
e a magnificência

de tanta beleza,
me faz adorar
Ah! a simplidade
dessas manhãs.

O canto da cotovia

O canto da cotovia
me faz descançar
e apreciar
essa bela música
que vem
ao meu encontro

eiva!
alegria suprema
do canto das cotovias!

surpresa terrena
graça eterna
e vida imortal

no calor
do mármore frio
da pedra sagrada

Aia!

O alívio me protege

O alivio me protege
do mundo
la fora,

dando-me
a certeza
de que

vela por mim

e o tempo inteiro

as maças
e as
maças

os doces
e os
cocares

as águas
e
o
canto dos pássaros

A doçura me faz descançar

A doçura me faz
aliviar e ter
a certeza

de que estou protegido
pois Deus comigo
está

As coisas mais doces

As coisas mais simples,
as poesias mais doces,
são as que fazem

querer cantar
as cantigas diafanas
e cintilantes

Recado Sério

Vamos falar honestamente vocês vem aqui leem as postagens mas não fazem comentário será que seria pedir demais pra vocês fazerem comentários?  Então pelo amor de Deus façam comentarios para que esse blog continue no ar, ok? Tenho que certeza que assim vão me motivar a fazer poesias cada vez melhores. Um abraço a todos vocês, meus amigos deste mundo!

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Diante das colinas

       Diante das colinas ashwords dois exércitos se degladiavam um mais feroz que o outro Elfos contra orcs sanguinários e um sem número de ciaturas mortais em busca do domínio do vale élfico. Uma batalha que realmente deixaria rastros colossais. A planície acidentada era imensa e verde como o mais verde manto do rei Caldrin, o rei msugo. Dragões guerreiros estavam lutando em nome da majestade imperial contra oss orcs mais em segundos anões montados em águias vinham fugindo de poderosos dragões mais velozes do que o vento e os anões caíam aos montes chorando pro suas maigas fiéis, aguias de dutilón. Elfos pela primeira vez em eras choraram a morte de anões e anões choraram a morte de águias. Contudo do alto da colina em um cavalo vinha um mago guerreiro mestre na arte de tremores e o mago fez e para desespero doso orcs atra´s dele vieram ordas interias de habitantes de álcon além de muitas bestas dos campos e o mago simplesmente tirou sua carta da manga: a magia dos dragões antigos e eles se voltaram contras oss orcs que fugiram para as cavernas dos anões.

Tank you

Tank you for the presence in my blog. Please going with coment. Godby

A melhor coisa do mundo

Já é de manhã
e a minha paçoquinha
eu posso comprar

pios é deste açucar
que eu preciso
para me aliviar
do estressa,

então contente
eu fico
com tanta paçoquinha
boa pra comprar
as 6  horas da manhã

e bem contente eu fco
pois a melhor coisa do mundo
é a raiva aliar
em meio ao açucar da paçoquinha

igual um menino
que aprecia
o bom e velho açucar.

já amanhece

Já amanhece
e os pássaros
vêm para me saldar

aliviando assim
o meu tão  grande
sofrimento,

e eu me alvio
agradecendo as maravilhas
da natureza

essas aves tão belas
que cantam um canto
indefinivel

como é bom
as aves em meu auxilio
virem

Como é bom

Como é bom cantar
e a raiva estravassar
como é bom
sem ter ferido alguém
como é bom

como seguir o que te ensinaram
e chegar a conclusão de que isso
é certo
como é bom

como é bom
minha cadela amar
amar meu falecido dingo
como é bom
como é bom ser bom

Gostaria

Gostaria de ajudar
as pessoas
a naõ precisarem de ajuda

pois eu preciso
e sei como é duro
não ter remedio

por isso eu gostaria
e quereria

obrigado por mais um dia

eu sonho
e no meu sonho
eu salvei mundo

ajudei a todos
e nesse sonho
eu fui para um lugar melhor

pois acabei com as guerras
e pode finalmente
ir pro ceu

pois todos estavam
felizes cantavam
o mundo havia sido salvo

A sinseridade ainda vive em meu

A sinceridade ainda vive em mim
e o medo também vive
nesse coração tão nebuloso

mulher meu amor

Mulher meu amor
vem eu te amo
e dentro de mim

sei qeu quando
te encontrar
nunca mais me largará
dizendo que sou
o melhor homem do mundo,

talvez por isso
eu tenha medo
colossal

O amor que eu tanto quero

A mulher qeu eu tanto quero
onde estará?
onde eu a encontrarei
essa mulher?

O amor que eu tanto quero
nunca mais me largará
pois apaixonada ficará
para sempre,
e eu a quero assim
uma vez e só

Comigo estás

Como estás
para sempre
na eternidade
do nosso compromisso

e eu não te largo
por qque quero lanços
com tua pessoa
mulher minha esposa
eu te quero
então vem comigo.

O amor é uma mulher

O amor é uma mulher
que vem para me entregar
a sua mão em casamento
e esse é o amor

O amor é uma mulher
que vai ficar comigo
para sempre
e essa é a mulher

uma mulher pra sempre
e uma vez só
pra juntos ficarmos
e filho termos
e essa é a familia
graças a deus.

Agradeço a Deus


 sofro mais sei
que vem a benção
cedo ou tarde

pois é muita coisa
pra aguentar
água
pão
e vinho













A poesia da terra dos elefantes





                            A P O E S I A  D A  T E R R A  D O S  E L E F A N T E S
                           

                                                     M E  F A Z  F I C A R  L E V E
                                                               
                                                                   c o m o  p l u m a

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Hoje eu quero agradecer

Hoje eu quero agradecer
pelas alegrias que passei
pois me deram ânimo para continuar

quero agradecer
pelas tristezas que passei
pois me deram forças para superar,

pelas pessoas que conheci
pois me ensinaram
como é o ser humano

e pelo coração
que Deus me deu
pois me impediu de prejudicar os outros.

Aqui é bem melhor

Aqui é bem melhor
pois há o que usufruir
sem que falte
a alguém,

tem o que beber
tem o que comer
e eu nem mesmo
sem a quem agradecer
mais agradeço a Deus.

Aqui tenho de tudo


Aqui tenho de tudo
não me falta nada
é uma beleza

tempo bom
clima quente,
água a vontade
pra beber

a alegria é imensa
e nem mesmo
sei como ou a quem
agradecer
mas o importante
é que nada me falta.

Vem comigo

Vem comigo,
que eu sei
que essa dor é grande,

vem comigo
pra gente desabafar
e chorar junto,
vem,
vem comigo,

pois assim
a gente alivia
o caração
e cuido do que importa
que a nossa alegria
então vem comigo

Gosto de mais

Gosto demais
daas coisas simples
do sorriso

do elogio
e do têmpero
do acuçar
e do novelo.

gosto da brisa
do tempo leve,
gosto de sorrir
e graças a Deus
estou vivo mais um dia,

mantendo a simplicidade
no sorriso fácil

Quero cantar as canções heróicas

Quero cantar as canções
heróicas dos velhos tempos
onde muitos seres
andavam pela terra

canções de thor
e de odin
Avamal,

salvei
e no final
ajudei a todos
para ir ao infinito

tempo bom
da saudade
de tudo
o que foi bom

O melhor presente que ganhei

O melhor presente
que eu ganhei
foi o meu cachorro

pois ele
era igual
a mim,
Dingo véio,

e era de
outra espécie
meu cachorrãozinho,
meu querido
cuidei de ti
cuidando assim de mim
e ganhando uma passagem
só de ida.

la eu sou feliz

Lá eu sou feliz
onde canto
as velhas canções

e lembro do dingo
meu querido que
abracei
meu cãozinho,

um presente de Deus
que recebi
aceitando
o meu próprio medo

me fazendo
abraçar
o espelho
de onde
tirei uma passagem,
graças a Deus!

relembro coisas boas

Relembro coisas boas
e agradeço
pelo bem a Deus,

mais um dia vivo
resistindo
graças a Deus
continuo,

sei que
no final
algo ganherei
nem que seja
uma passagem

Quero ver mulher

Quero ver,
quero me
alimentar

me de
de comer
sua safada,
me dê,

sei que
se me der
eu vou gostar
sua safada mulher,
hum.

Essa mulher

Essa mulher
que me dá
as mãos,

essa mulher
que me deixa
usar as mãos,

Quero ver essa mulher

Quero ver
essa mulher
passar as mãos
fazer sexo

quero
quero ver
quero me alimentar

para já ereto
ficar e
entrar

Quando penso naquelas mulheres


Quando penso
naquelas mulheres
de seios enormes

e bundas grandes
já melhoro
e fico animado

só de pensar
só de ver
só de querer

aquelas mulheres
que vão me dar
de comer

passo as mãos
e elas colam
em mim
então já fico esperto

Sei que tem

Sei que tem
coisas boas
tem água

tem paz
tem comida
tem dinheiro

Um lugar misterioso

Não posso
chegar a esse lugar
mas eu sei qeu ele existe,

mesmo sem estar
nos mapas
sei que é real

Na miragem

Na miragem
é que se encontra
o mapa
para este lugar mágico,

lugar ao qual
não se pode chegar
ao não ser por meio
da visão

Só eu vejo

Só eu vejo
essa imagem
no meio do calor

e eu sei que
ela é real
mesmo que seja
só pra mim

a visão do paraíso
um lugar melhor
onde não se falta
nada pra ninguém.

Um bom lugar

Aqui é um
bom lugar
pra viver,

pois há de tudo
e de nada se precisa
por isso viver aqui
é um prazer sem igual

Eu vejo algo

Eu vejo algo
la longe
no meio do deserto
e do calor

lá tem uma Terra
onde tudo é
bom

onde não há
mais o que temer
e é pra la que eu vou,

mas esse lugar
é como uma miragem
em meio a tempestade

pois nunca consigo alcançá-lo
pois algo me para
quando perto estou,
mas vejo.

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Creppy pasta do homem do saco

        Conta-se que na pequena cidade de Salgueiro vivia um homem solitário que morava num lugar afastado e silencioso e andava sempre com um saco branco nas mãos atiçando a curiosidade das pessoas e as crianças não perdoavam. Viviam implicando com esse silencioso senhor que a ninguém incomodava mas que despertava o medo de muitos. E um certo dia as crianças começaram a correr atrás do homem do saco e lhe atirar pedras conseguindo enfurece-lo mas ele não falou se quer uma palavra apenas olhou assustadoramente para as criancinhas com os olhos arregalados prontos para devorá-las fazendo com silenciassem imediatamente contudo não contaram nada a ninguém tamanho o medo que sentiram Mas os pais perceberam que elas estavam tristonhas e se perguntaram porque isso acontecia até que uma falou para sua mãe:
- foi o homem do saco, nós o irritamos e ele nos olhou assustadoramente.
- É só um homem solitário minha filha não há o que temer.
        Só que depois disso o homem não foi mais visto nem sua casa ocupada isso deixou as criancinhas desconfiadas e para piorar a situação depois de algum tempo meninos e meninas começaram a desaparecer msiteriosamente inclusive alguns daqueles que tacaram pedras naquele senhor até que alguém pensou no homem do saco então invadiram a casa dele  e lá encontraram milhares de sacos brancos sujos de terra e um fedor terrível de carniça mas nem as crianças nem o homem do saco foram vistos novamente.

O violão maldito 9

          Começavam a circular histórias macabras sobre o violão alaranjado sempre tendo como principal divulgado um senhorzinho que já conhecia a muito tempo a fama da caixa alaranjada e dizia que ela era a causa.
- Gente tão dizendo por aí que o vioão é maldito.
- Besteira desse pessoal bobo.
- Temos que nos concentrar em promover nosso cantor.
- Isso mesmo.
         Haviam divulgado o rapaz onde puderam e agora conseguiram uma apresentação popular paga pelo municipio. Contudo no dia do espetáculo muitos incidentes aconteceram. Já na ida para o local do show alguns jovens foram atropelados e morreram deixando o asfalto marcado de sangue e vísceras. Pouco após o início da apresentação algumas pessoas passaram mal e sentiram fortes dores nos ouvidos que sangraram até que caíram no chão mortos, mas um homem estava lá para avisar a todos sobre o perigo.
- Saiam daqui esse violão é maldito, é maldito!
- Mas o que ele tá falando?
- Não deve ser nada.
          A música continuou até que perceberam que haviam pessoas caíndo mortas outras tendo ataques  então a correria foi geral com pessoas sendo pisoteadas.
- Eu avisei, eu avisei vocês.
          O senhorzinho de barba branca só teve tempo de se esquivar antes que um jovem caísse do seu lado e fugir dali. O perigo estava aumentando.

                                                                                                     C O N T I N U A

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

O violão maldito 8

        Estavam a caminho da rádio para a apresentação e de repente envolveram-se num acidente atropelando um senhor socorrendo-o prontamente. O homem estava havia se assustado ao olhar para o violão e parado no meio da pista. Sua perna havia sido quebrada e ele gemia de dor.
- Ai minha perna, minha perna!
- Calma senhor.
       O homem olhou de volta para o violão e novamente se assustou apontando o dedo para o instrumento que reluzia e os jovens ficaram sem entender nada.
- Ele está olhando para o seu violão.
- Vamos ter que esperar o Samu.
- Tomara que não demorem.
       O carro do Samu chegou e atendeu o homem que só conseguia olhar para o violão alaranjado que brilhava.
- O violão, o violão.
       O grupo seguiu o seu caminho a tempo de se apresentar e quando a música começou alguns dos ouvintes se sentiram mal com o som que emanava do violão e no estudio um dos jovens também ficou com medo pois parecia uma música maléfica aquela saída do instrumento, contudo, o rapaz só tinha ouvidos para seu precioso instrumento e o som que ele criava. O rapaz parecia entrar em êxtase ao manusear o aparelho musical e isso chamava a atenção de alguns. Mas um senhor que ouvia a música de casa começou a sentir dor nos ouvidos e de repente sangue começou a escorrer, sua esposa percebendo se assustou.
- Seu ouvido está sangrando querido, vou limpá-lo
      O sangue aumentou até que o homem começou a gritar violentamente e a mulher sem saber o que fazer entrou em profundo desespero.

                                                                                                                     C O N T I N U A

sábado, 24 de agosto de 2019

todas as vezes que chorei

Todas as vezes
que chorei
e em ti me alegrei

eu suportava mais um dia
de afliçaõ e de desmoronamento
e me perguntava
como aguentava

mas a um proposito maior
e eu tranquilo estou

O anel é meu

O anel é meu
e todo o poder
que nele habita me pertence

para a todos dominar
e nas trevas aprisionar
pois eu sou o próprio  anel

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Coisas de que preciso

bicicleta,
animais,
remédio,
família,
amigos,
pessoas,
alimento,
música,
roupa

Um aviso aos navegantes

Olá
      Eu tenho esse blog a muito tempo e durante todo este tempo tive apenas três comentários por isso gostaria que você que lê esse conteúdo deixasse uma mensagem de incentivo para que assim eu me motive a fazer coisas mais incríveis ainda como esse contéudo maravilhoso que deixo a vocês.
Obrigado!

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Sou grato

Sou grato
porque ainda sou bom
e não sucumbi

mesmo depois
de tanto sofrer
e de tanto temer

ainda to firme
aqui em casa

Mesmo depois que eu for

Mesmo depois que eu me for
as pessoas lembrarão de mim
e me seguirão
aonde quer que estejam

coisa de rei

Graças a Deus
to de volta
Graças a Deus consegui
que bom
e as pessoas vão se inspirar em mim
mil anos após a minha morte

coisa de rei
coisa de lider

só vão saber no final
e então o resultado
será eterno

Olha só que bom

Olha só que bom
bem no final terminou
bem no final consegui

ajudei e ja fui ajudado
mas sozinho tive que aguentar
e olha só quantos dias eu passei

resisti

Já fiz

Já ajudei
Já falei
Já pesquisei
Já chorei
Já odiei
Já chorei
Já pedi
Já desisti

Já amei
Já voltei
Já sonhei
Já voltei
Já fui
Já praguejei
Já fiz
Já desejei.
Já inspirei.

Sobre o que as pessoas falam

Os ricos falam sobre arrogância
Os pobre falam sobre dinheiro
Os doentes falam sobre doença
Os simples falam a bondade
Os inteligentes falam sobre idéias
Os filósofos falam sobre a verdade
Os convictos falam sobre aquilo em que acreditam
Os tristes falam sobre o que os entristece

o vento leva

O vento leva tudo
até  a mais doce
das palavras

mensageira
das ilusões

cantada
e declamada
pelos poetas
mais antigos
que existem



Agradeço o tempo da vitoria

Agradeço o tempo da vitória
e o tempo da batalha
no campo aberto

onde os rochedos
não alcançam
e o tempo
não encobrem

essas batalhas
em pele de lobo
que o tempo todo eu lutei

para poder
chegar ao final
da jornada inteiro
e com o sendo do dever cumprido

até que voltei no tempo
e me alegrei com o doce verso
da manhã





do que gosto


do que gosto
é das canções simples
e do tipico estilo de vida,

das manhãs
em que a água corre
solta

bem lá onde
as mulheres
vão se banhar

domingo, 18 de agosto de 2019

Essa é agora

Essa é agora
aquela que vem
e que vai ao além

essa é agora
aquela que vai
ao aquém e ao além

vai vem volta
dobra vai vem
e volta

vai aquém
vai além
vai ao léu,
vai ao sombreo
vai
vai agora

vai então vai
vem então vem
vai ao além
vai ao aquém
vai

vai vem vai vem
e vem
e vai
ao além ao aquém
ao vai e vem
ao vai e vem
pois sempre vão te criticar

Com o que fiz

Fiz mil poesias
com o que me deram
e dessas
mil mais dez mil fiz.

e então eu descansei
mas eu retornei
pois a meu pai

Para de sofrer marcio

Para de sofrer marcio,
levanta a cabeça
olha para o céu
e chora,

anda,
vai,
teme,

anda
e
ve

algo mais.

solta esse choro e essa vontade de se alegrar

Solto o choro
e essa vontade
de se alegrar

ninguém vai
te pegar menino,

e aqui
você pode desabafar

chora
e se alegra menino,

menino

Não sei

Não sei como eu ainda
estou vivo
depois de tanta dor,

odiando e chorando,
como pude aguentar
tanto,

como pude,
ainda bem

Vai vai

Vai vai
vai pra longe
vai passear

que eu sei que tu gosta,
vai pra longe

vai distrair
e o vento saborear
que eu sei que você gosta,
vai,

vai que sei
e vai que sigo

vai que dá.

como é bom

Como é bom
o doce cantar
e a mesa soborear
como é doce

até lembro do dingo
meu cachorrinho
lembro dele
e penso numa

quero

quero a alegria altaneira
quero a paisagem passageira
pra me alegrar

quero as velhas canções
dos tempos heróicos
onde busco refugio,

a canção
do prado verdejante
aleluia e muito mais
aqui,

quero as canções
que venham do tempo antigo,
onde os elfos pastoreavam contentes

quero as canções do tempo antigo,
quero que alguém proteja o meu trabalho

falta aquela mulher

Falta aquela mulher
pra me alegrar
aquela gordinha

falta ela
falta

pois ela é doce
e eu gosto,


E todos riram

E todos riram
e foi um dia feliz,
pois estavamos reunidos

e eles dando risada da minha cara,
como num filme de comédia
tava tudo lindo

mas então a cruz
pesou sobre meu pescoço

Como é bom o beijo dela

como é bom
o beijo dela

doce
igual doce

mel
igual mel

água
de se beber
porque só bebo agua

e aquieta coração pequeno
pois eu sei que você vai vencer
as águas de roda de moinho de engenho
então te aquieta
e graças a Deus.

O que eu preciso fazer

Como a gente faz
pra acalmar o coração
quando a tempestade é densa
mais densa que a terrível escuridão

como é que a gente faz
pra se libertar
da nevoa que cobre
o nosso rosto

quando o céu esta escuro e carregado
de trovões que levam
nosso coração
até o mais baixo dos baixios
como é que a gente fz
quando a gente quer fazer tudo certo
e ainda salvar o mundo?

mais eu sei que vai dar

sábado, 17 de agosto de 2019

O que vai acontecer comigo?

Eu me pergunto
sobre o que vai
acontecer comigo?

Depois de tantas
ciladas e truques
do destino,

o que esse futuro
que não chega
me reserva?

o que mais
de tão ruím
ou de tão bom
poderia me acontecer,

o que
o futuro
me reserva?

o que
está
guardado
para
mim?

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

O violão maldito 7

O rapaz continuava tocando magistralmente e as pessoas aplaudindo enquanto seus amigos íam conduzindo os aplausos. Depois que a apresentação acabou todos foram para casa extremamente contentes. No caminho para casa algo  diferente aconteceu em uma loja. Um assalto estava em andamento bem no momento em que estavam passando. O antiquario estava apavorado enquanto o bandido esbarrou no jovem violonista caindo pesadamente retomando a corrida e sendo atropelado em seguida. Os jovens nem sabiam o que dizer.
- Nossa gente que doido isso!
- Que susto!
O jovem olha e aliviado percebe que o violão não sofreu um arranhão sequer e eles retomam a marcha para casa.
- Temos que agendar uma ida sua a rádio.
- verdade  e isso é só o começo.
O tempo iria mostrar que as intempéries estavam só começando e as coisas iriam acontecer de forma sutil.
- Vocês chegaram a ver o que o ladrão estava roubando?
- Sabe que nem vi.
- Uma vitrola antiga, ele a deixou no chão antes de ser atropelado.
- E na frente da loja havia um espelho que estava quebrado.
- Ela ficou lá se movimentando.



                                                                                                                        C O N T I N U A


quinta-feira, 15 de agosto de 2019

O violão maldito 6

O jovem decide que é hora de se apresentar em público e conta sua idéia aos amigos que acham isso o máximo e fazem mil planos para a apresentação.
- Vai ser demais.
- Onde pretende se apresentar?
- Na rua lá no centro.
- Excelente idéia, assim todos terão a oportunidade de apreciar seu talento.
- Você vai ficar conhecido, cara!
A empolgação é tamanha que em pouquíssimo tempo muitas pessoas estão sabendo da novidade e ficam ansiosas para ver a apresentação. Então os jovens vão para o centro e ele começa a tocar e aos poucos as pessoas vão parando para vê-lo tocar. Muitas pessoas estão reunidas ao redor do rapaz e degustam suas canções executadas com habilidade digna de um mestre. O público sente crescer dentro de si uma animação sem igual e começa a gritar e aplaudir-lo e ele retribui com sonoridades mais elaboradas e fortes sendo ciceroneado por seus amigos que vão conduzindo os espectadores como um maestro a orquestra.
- Vamos pessoal, isso mesmo.
- Essa não é a melhor apresentação de que vocês já viram?
Mas no meio da multidão existe um homem que reconhece a sonoridade.
- Já ouvi isso antes, ei é aquele violão maldito. Ei rapaz, esse violão é maldito.
O homem aproxima-se do rapaz para falar-lhe.
- Esse seu violão vai lhe trazer problemas, eu conheci o antigo dono dele. Livre-se desse instrumento enquanto pode.
O rapaz continua a tocar enquanto seus amigos afastam o homem.


                                                                                                                             C O N T I N U A
                                                                                                              

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

O violão maldito 5

     Alguns de seus amigos vieram até sua casa para ouví-lo tocar e se admiraram com sua destreza tanto que propuseram a ele que mostrasse seu talento ao público.
- Cara, você precisa se apresentar.
- Nem que seja na rua.
- Isso mesmo.
     O rapaz um pouco receoso ainda não havia comprado a idéia totalmente e disse que precisava esperar mais um pouco e deixar a técnica se desenvolver totalmente. Seus amigos estavam ansiosos para apresentá-lo a todos os cidadãos da cidade e transformá-lo num ícone da música mas ele queria tocar rock.
- Você deve começar com músicas mais conhecidas e que agradem ao público.
-  Eu realmente gostaria de me apresentar tocando rock.
-  No começo terá de tocar músicas mais populares.
      E a turma toda já imaginava o sucesso do amigo músico fazendo planos para quando ele estivesse despontando entre as celebridades. Ele por sua vez ía devagar e pensava a longo prazo procurando se estruturar consistentemente para não afundar no ínício da viagem. O certo era que de agora em diante sua técnica só iria melhorar e ele estava cada vez mais convicto dos poderes de seu violão e nem parava para pensar naquele senhor qua havia lhe advertido sobre o dono anterior.
- Era só um homem abalado.
       

terça-feira, 13 de agosto de 2019

O violão maldito 4

          Depois de alguns dias viajando pela estrada e sendo parado pelas pessoas que hora lhe parabenisavam pela bela música e hora lhe perguntavam sobre seu violão ele chegou em casa da viagem em busca do violão perfeito. Já na rodoviária da sua cidade chamou a atenção das pessoas e principalmente das garotas que íam falar com ele a respeito do violão.
- Seu violão é maravilhoso.
- você toca muito bem.
- Ei você não é o rapaz que estava tentando aprender a tocar violão?
- Sim, sou eu mesmo.
- Quando saiu daqui não sabia nada.
- É que encontrei o violão certo.
          E o jovem ía deixando para trás pessoas admiradas com a sua evolução e com a beleza do instrumento além de notarem sua autoconfiança. Ele tinha mesmo atingido em outro nível e isso era indiscutível, chegando mesmo  a assustar quem o viu sair da cidade sem saber praticamente nada de música. Mas como tudo que é muito bom desperta comentários com ele não foi diferente pois as pessoas acharam algo praticamente impossível apesar de ter passado um bom tempo fora.
- Onde você aprendeu a tocar assim, cara?
- Por acaso você fez um pacto?
- Claro que não apenas achei o violão certo, e veja como ele é bonito.
          A primeira coisa que se notava era a beleza do violão alaranjado pérola com símbolos 2 sinais músicais pretos nele. O rapaz havia mesmo achado o violão perfeito para si e agora poderia evoluir na sua arte que estava começando a ser desenvolvida. Seus pais acharam o instrumento maravilhoso e quase não acreditavam na evolução do filho chegando a se perguntar como havia acontecido aquilo e o rapaz sempre respondia que era o violão.

                                                                                                                      C O N T I N U A

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

O violão maldito 3

          Com a sua peregrinação de 6 meses pelo país finda com o encontro do violão era hora de voltar para casa junto dos familiares e amigos.  Havia gastado todas as suas economias para conseguir o violão perfeito e ouvira muitas pessoas dizendo para que não embarcasse nesta aventura pois era perda de tempo e o que um violão fazia outro também poderia fazer era só questão de treino, não havia esse negócio de violão mágico. Mesmo assim ele embarcou na jornada e encontrou a preciosidade de sua vida agora poderia ser o rei da música. No caminho de volta as pessoas o paravam e perguntavam sobre o belo violão e comentava a sua habilidade em tocá-lo e ele respondia que havia demorado bastante até encontrá-lo. No ônibus ele começou a tocar e os passageiros aplaudiam pedindo bis e viajando na melodia do instrumento que parecia ser dotado de uma força sobrenatural. Até que um homem aproximou-se do rapaz e lhe dirigiu a palavra.
-  Hei rapaz deixe-me ver esse violão que leva consigo.
- Claro, meu senhor.
          O homem olhou desconfiado e assustado falou:
- Meu jovem, esse violão não representa boa coisa.
- Mas porque, meu senhor?
- Você o adquiriu na loja de usados, certo?
- Sim.
- Então este violão pertenceu a outro homem e ele foi a ruína, livre-se dele.
- Nâo, este violão é maravilhoso e continuarei com ele.
- Isso mesmo garoto, e o senhor deixe o rapaz em paz.
- Isso mesmo!
- Esse violão vai lhe trazer a ruína rapazinho, escute o que digo.
- Deixo-o em paz, Turrel. O homem voltou ao seu lugar de cabeça baixa e a cantoria continuou até o final da viagem
                                                                                                                                      C O N T I N U A

domingo, 11 de agosto de 2019

O violão maldito 2

Parou em frente a uma vitrine e lá estava o violão, era lindo, alaranjado como uma fruta fresca e madura com um símbolo, era ele. O instrumento atraiu a atenção e adoração do rapaz no momento em que o viu e realmente não pôde resistir ao seu chamado. O objeto que estava ali teria de ser seu de uma forma ou outra e o rapaz foi entrando na loja ávido e desejoso de comprar o belo instrumento musical. Aquela jóia praticamente havia chamado o rapaz para dentro da pequena loja oferecendo-se para ser totalmente sua e lhe dar o dom da música. E o jovem aceitara o convite de corpo e alma e instantâneamente sem saber do que existia por trás daquele pedido silencioso. Ele entrou e avidamente perguntou ao vendedor sobre a preciosidade que ali estava sendo observado com certa desconfiança pelo funcionário que a poucos dias recebera o objeto em doação. Ele mostrou o violão e tocou uma música que encantou o futuro comprador que pediu para tocar um pouco. Quando tocou no instrumento um sentimento de confiança e entusiasmo tomou conta de si e o rapaz começou a tocar como um profissional habilidoso deixando a si e ao próprio vendedor impressionados somando-se a isso a circunstância como o violão viera parar na loja e que o vendedor achara melhor não comentar. O garoto começou a tocar uma música antiga com maestria e pessoas começaram a prestar atenção no domínio que o jovem mostrava perante o instrumento chegando a aplaudi-lo isso o deixou muito confiante e alegre sabendo que seu desejo estava prestes a se realizar. O funcionário da loja lembrou do dia em que um homem mostrando-se bastante preocupado viera até o comércio para se desfazer do objeto e inclusive assinara um termo de doação da peça dizendo que precisava livrar-se daquilo rapidamente e como o patrão era apaixonado por bons negócios resolveu aceitar a proposta, e agora, vendo aquele rapazinho tocando tão bem começava a achar que havia mesmo algo de estranho com o violão. O fato é que agora o moço poderia voltar pra casa com o seu violão mágico.
                                                                                                                                   
                                                                                                                                       C O N T I N U A

sábado, 10 de agosto de 2019

O violão maldito

          Jefferson era um jovem que queria tornar-se músico mas não tinha habilidade sequer para fazer os primeiros acordes mesmo que se esforça-se muito ele continuava lento em seu dedilhado e confecção de acorde, e isso o irritava profundamente. O rapaz dedicava-se cada vez mais mas parecia que havia algo com seu violão então ele tentava um modelo diferente, afinação diferente levava seus violões para quem entendesse do assunto e lhe diziam sempre a mesma coisa: "O violão é bom você apenas não tem habilidade para manejá-lo" e aquilo deixava-o irritadíssimo. Ele ficava horas pensando sobre isso e em como gostaria de ser o melhor músico que já passou pela Terra e nesses momentos ele pensava: "Um dia encontrarei o violão certo para mim", e com isso em mente ele persistia em seu sonho sempre sonhando com o violão certo que misteriosamente nunca encontrava. Por alguns  momentos chegou a pensar em se afastar mas não demorou muito a vontade surgiu novamente pois era mais forte que si e ele voltou a almejar seu sonho. Desejava imensamente encontrar o violão mágico que lhe coferiria o dom da música e procurou adquiriu um violão após o outro mas nada de tocar parecia que seus violões estava sim enfeitiçados para não lhe deixarem tocar coisa alguma e essa situação permanecia mas ele continuava com seu sonho. Seus amigos diziam-lhe que parasse de procurar por esse violão pois nunca encontraria que era só uma fantasia persistente e ele por sua vez dizia que sim que conseguiria. Até que decidiu vagar pela região em busca desse violão e ele o achou...

                                                                                                                                      C ON T I N U A

domingo, 4 de agosto de 2019

Vestido branco

Os campos
se vestem
de branco,

nessas manhãs
frias e
cobertas por um tapete gelado

Chuva com frio

A chuva está com frio.
o tempo está com frio,
o vento está com frio,

o sol está com frio,
a geada está com frio,
a neve também está com frio
e o frio está com frio.

Eu sei como é

Eu sei
como é a dor
pois já senti,

então compreendo
seu olhar tristonho
e sei o que você guarda no coração,

Árvores nascem em qualquer canto

Árvores nascem
em lugares
improváveis
reafirmando a
força da vida
e pedindo passagem.

É a planta que
teima em quebrar
a calçada

ou a planta
que irrompe no meio
do concreto armado
da cidade grande.

Aquele canto

Aquele canto
que eu canto
do tempo
passado

lembranças
sonoras
da alegria
e felicidade.

Tenho algo no peito

Tenho uma coisa
no peito
que chora profundamente,

tenho algo
que não me deixa
dormir,

que me
atormenta
a vida

e me
desconsola
profundamente.

Tenho algo
no peito
que só eu sei

como é
ruím
e me afoga,
eu tenho.

Tenho uma
coisa
que grita profundamente
e chega até o mais
rincão do universo,

algo que
se perpetua
e me faz chorar,

tenho algo no meu peito
que bate profundamente
em mim,
o meu coração,

e dentro dele
tem aquilo que me faz
sofrer,
a dor.

Sentimento tão profundo

Como pode
algo assim
existir
e com tal intensidade,
eu me pergunto,

algo que
desorienta e
move montanhas,

fazendo-nos
desejar o mundo,
subir e descer,

ir e voltar
sem ao menos
sair
do lugar.

Algo que
se sabe
onde liga,
mas não
onde desliga,

e que tem
um poder
de destruição imenso,
se mal utilizado.

Uma força
motriz
capaz de produzir maravilhas,
e que bagunça o cérebro,
eu me pergunto.



sábado, 27 de julho de 2019

Exultar

Exultar
é o que preciso

prove

Nós te chamamos aqui,
sim vocês me chamaram
então prove,

então prove,
mas eu tenho as passagens,
então prove,

mas foram vocês que me enviaram
então prove,

mas elas estão aqui,
então prove,

mas como é que eu teria vindo aqui sozinho

Eu sei que tem

Eu sei que tem
um cantinho azul
pra mim
lá no céu,

sei que tem
algo reservado
de bom  pra mim,
eu sei que tem

no tempo onde eu ía

No tempo onde eu ía
para a mesa farta
ao redor do bosque

cantarolar
como os elfos
e anões

tempo feliz
que me pegava
protegido e despreocupado

tempo que eu retratava
nas cartas que eu amava.

tentei tentei galopei galopei

Tentei tentei
galopei galopei
ri chorei e desandei

a muito vi ao longe
uma vela

a meu canto uma
querela

tentei tentei
galopei galopei
amadureci
e vagueei

Eu queria poder chorar

Eu queria aquela canção
que me fizesse chorar
pois eu não posso

queria derramar as lágrimas
no papel mas faço
verss que derramam tinta

por isso eu queria
poder chorar,

mas eu não posso
então derramo tinta nesse papel

O tempo da alvorada

Quando choro
parece que um rio passa por mim

de alto a baixo
de mundo a fundo

tão grotesco
o serpentear
que me faço
rio
tão cristalino
por tanto tempo
assim.

A canção que me fazia sonhar

A canção que me fazia sonhar
que havia um tempo bom
pra descançar,

pra recomeçar a te querer
querer bem, querer viver,
querer-me bem,

acreditando que tudo bem,
então ao meu querer
eu quero mais
que te querer
quero te ter
e te convencer
meu coração,
de que tudo bem.

canção que venha pra bem

canção que venha pra bem
me fazendo bem
pois bem eu quero estar,

para poder falar
a plenos pulmões
da distância que me separa
do amor,

pois pra bem eu quero bem,
e pra bem eu quero mais,
pois contudo não vou bem
pra bem eu quero mais.

quero aquela canção

Quero aquela canção
que chorava em meu peito
a dois minutos
e falava ao meu coração

a plenos pulmões
do tempo que passou lépido e fagoso
nas serenatas de amanhecer

porque eu não mais estava lá
para ver o sol nascer
em toda sua plenitude
e me fazer esquecer
do que chorei

pois essa canção
me lembra em muito
do que tenho escutado.

Peço a Deus

Peço a Deus
que me proteja
neste momento
de tribulação,

onde a veneta
é mais dura
do que a verdade,

peça a Deus
que me proteja
neste momento de
tormenta
pois o tempo já e sombrio
e a vida tremeluz
por isso peço a Deus

Eu quero desabar

Eu quero desabar
e chorar de tudo
que não pude falar,

quero desabar
meu peito de menino
em meio ao trovão
e turbilhão da tempestade,
eu quero desabar.

quero apreciar o sentido
de ser feliz em meio a simplicidade
fulgorante do mar azul.

no fundo do baú que guardo

É bem lá no fundo
do baú
que guardo
escondido

Eu quero as velhas canções

Eu quero as velhas canções
que me digam que
nada esta perdido

e que a vitória
está por vir,
ainda assim,
bem sei eu
que a batalha
é colossal

pois seguir
a consciência
e algo
extraordinário.

terei a chance

Terei a chance
de poder
ajudar

e vencer
a luta
que se instala
em meu ser

pois não traí
minha consciência.

sentimento tão forte

Sentimento tão forte
sinto dentro de mim
a querer explodir meu peito

sinto um expandir
de temperamentos
em meu peito a querer sair

por isso estremeço
ao convulsionar
todos os desejos
do meu peito em contramão

Minha consciência

Minha consciência
me impede
de fazer qualquer merda,

gracias

gracias
obrigado
por favor,

é assim que se começa
depois vai cantando
o coração,

e quando se ve
já está no
pensamento,

deixando marcas
bem profundas
e duradouras

por isso é assim que se começa,
gracias,
obrigado
e por favor!

Toda prosa é boa

Toda prosa já é boa,
toda manhã já é canoa
e todo rio já é estrada

que serpenteia
pelos caminhos
do meu coração,


avisando que lá vem
locomoção.

avisando que lá vem
o som do apito
do meu trensão.

De dia e de noite

De dia e de noite
tem um pouco
meu coração,

reflexos e sombras
do que eu sou
e do que eu fui

É dia vem surgindo

É dia vem surgindo
já é dia vem luzindo
o sol do amanhecer
que vem trazendo

O sol nasceu

O sol nasceu
é dia ainda,
dia de rememorar
o tanto que passei

Sinto o estampido

Sinto o estampido frio
do sopro
e da respiração
do meu peito,

sinto tudo ao mesmo tempo
e assim mesmo
não sinto nada,

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Uma mulher dessas

Uma mulher dessas
ancas largas,
coxas,
bumbum

uma mulher dessas
para me abraçar
e me dar
uma mulher dessas,
uma loucura
de veraõ,
uma mulher dessas

seios redondos,
uma mulher dessas
que eu quero,
gordinha

tem uma mulher

Tem uma mulher,
tem um carro,
tem uma estrada
e tem um trabalho,

tem tudo isso
lá na frente
e é tudo meu
com essa loira
tem tudo isso,

tem tudo isso
la´na frente
pra mim

eu sei que tem
e está me esperando
eu sei que está,
tá tudo lá frente,
tem uma cavala
me esperando.

Eu sei que tem

Eu sei que tem
sei que tem
uma mulher em  meu caminho,

eu sei que tem
sei que tem
algo bom em meu caminho,

eu sei que tem
tem algo bom pra mim
lá frente
nem que seja só
um  pedacinho de felicidade
eu sei que tem,

mas também não posso
deixar de falar
que sei que tem
o prazer me esperando lá na frente
com uma mulher farta.

eu tenho um buraco

Eu tenho um buraco
um buraco do tamanho
de um buraco
no meu peito
que se chama coração

e um outro buraco
do tamanho de um buraco
no meu coração
que se chama solidão

e esse buraco
do meio do buraco
se chama
bondade
do tamanho
de um buraco
que é do tamnho
do buraco
que se chama coração.

tenho medo de amor

Você bem sabe
e eu também sei
que tenho medo de amar,

depois de tanta dor
e de tantas coisas
que tenho carregado comigo

uma pedra
após a outra
e uma pedrada
rente a outra
então você já deve
estar imaginando

nós dois depois do apocalipse total

Nós dois
nús
no fim do túnel

depois do fim
do mundo,
quando aja
tão pouca
que gente

fico imaginando

fico imaginando
eu e você
sozinhos

só nós dois
entrelaçados
e felizardos
nós dois,

tendo um
momento
de prazer
e de amor
eu e você

pedacinho de céu

tudo vai melhorar
deve haver
um pedacinho de céu

no coração
de alguem


Choro tempo inteiro

Choro o tempo inteiro
sempre procurando
fazer com que as lágrimas

não se voltem contra mim,
nem me afoguem
mas não sei nadar,

e elas sempre acabam
explodindo
pois meus olhos
são represas cheias de dor e sofrimento,

e é por isso que elas voltam,
porque não aprendi
que uma represa quando estoura
não tem o que segure.

De tudo isso eu bem sei

De tudo isto
eu bem sei
o quanto chorei

e acredito piamente
que deve haver
alguma coisa
a mais pra mim

no fim da jornada
pois não é possível
tanta dor assim
suportar
e ainda vivo ficar
pra nada haver
nem que seja só
um pedacinho do paraíso,
pois de tudo isso eu bem sei.

choro como chora

Choro como chora
o bebezinho
a criança desesperada
em busca do brinquedo
roubado,

choro como chora
o garotinho
a menina apavorada,

choro como chora,
então eu fico
apavorado,
e choro como chora.

Quem chora

Quem chora sabe
que falta faz
aquilo que não tem,

quem chora sabe
sabe o quanto dói
e tem em  mente
o quanto custa,

quem chora sabe
e eu também sei
de tudo isto,
por isso choro.

A dor que sinto

A dor que sinto
é muito grande
para ser suportada,

então eu grito
choro
tremo
mas tudo
dentro de mim

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Me humilham porque tenho medo

Eu não sou respeitado porque tenho medo de dar um soco na cara das pessoas mas um dia essas mesmas pessoas vão precisar de mim, escreve aí o que eu to te dizendo.

domingo, 23 de junho de 2019

Minha fanpage no facebook

Olá a todos!

      Para quem ainda não sabe eu tenho um fanpage no facebook onde posto minhas poesias e convido a todos para que tornem-se seguidores dela para acompanhar ainda mais meu trabalho como poeta e escritor. Abaixo deixo o link da página.

Obrigado!

https://www.facebook.com/letrasdomarcio

domingo, 12 de maio de 2019

me passam a perna

O ódio vai crescendo
de forma avassaladora
pois cada um que me engana

é um que toma conta
dos frutos do meu trabalho
e eu fico sem nada

e a pessoa vende
o que eu produzi

Círculo da tentativa

Me vejo frustrado
e esgotado
de tanto tentar

tento de todas as formas
e acabo não conseguindo
então vem o desanimo


segunda-feira, 15 de abril de 2019

pedras que em atiram

das pedras que me atiraram
cada uma tinha
um sabor diferente

e todas tinham
o objetivo de tirar
meus frutos preciosos
pois eu os  tinha
em quantnidade,

e as pessoas sabiam
que para tirar
com amis facilidade
tirar que atirar pedras

pois o que queriam
mesmo era tirar a força
esses frutos,

vangloriando-se
de que destruiram a árvore
e ainda conseguiram seus frutos.

Calvário

E mais uma vez
eu passo por todo
esse calvário novamente,

realizando a mesma caminhada dolorosa
desde o dia em que nasci
sofrendo repetidas vezes
enquanto rastejava
por essa estrada,

e no final
tudo de novo
e eu me pergunto
porque?

Já não basta
será que é pouco
até onde aguentarei.