Poesias Pesadas

Licença Creative Commons
O trabalho Poesias Pesadas de Marcio Jung foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://paginadomarcio.blogspot.com.br.

Postagem em destaque

Meus e-books à venda

Aqui estão os links para meus e-books à venda na Saraiva  por R$ 2,99 cada: www.saraiva.com.br/poesias-de-dor-e-de-alegria-de-reflexao-e-d...

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

raiva

Emaranhado de sentimentos
com força devastadora.
És furacão
balbúrdia cega na noite,
confusão, desespero, medo.


Eu continuo aqui,
esperando você,
estou dentro de você
e você nem percebeu.

Tola ilusão, iludo-me a mim mesmo,
ela está dentro de mim,
e quando vem confundo-me,
perco-me e desoriento-me nesta tempestade.

Tempestade de verão,
pois a raiva é calor, é adrenalina assim como o calor.
Calor das palavras e dos sentimentos,
mas é um calor confuso, desorientado,
com a bússola quebrada,
com o norte sabe-se lá onde, talvez no espaço sideral.

E o que foi para o espaço foi a minha paciência,
paciência que não resistiu a fúria dessa tempestade de verão desorientada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário