Poesias Pesadas

Licença Creative Commons
O trabalho Poesias Pesadas de Marcio Jung foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://paginadomarcio.blogspot.com.br.

sábado, 5 de outubro de 2013

Pesadelos sombrios

Loucas criaturas das trevas
que invadem meus mais delirantes sonhos,
perseguem-me na noite.

Tenho visto coisas,
 ouvido ruídos,
 tido pensamentos sombrios.


Visões,
 sons,
 idéias.

Maldições, Ah! as velhas maldições,
maldições da casa velha,
do penhasco à beira do mar.

Os fantasmas da floresta à assombrar.
Um duelo instalou-se em mim,
entre a serenidade e a insanidade.

Lua bela, lua bonita
Eu vejo-a da minha janela,
tão bela e serena és, óh lua bonita!

Ah! Mas quando a noite vem eles voltam,
Os pesadelos sombrios!

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário